PROPOSTA PEDAGÓGICA

A proposta pedagógica do Colégio Ateneu Santista foi desenvolvida na teoria  Sociointeracionista, que ajuda a desenvolver e nutrir um ambiente de aprendizagem mais favorável, propício à melhora de resultados dos alunos nos componentes curriculares tradicionais do currículo, ajudando os estudantes a se prepararem para o mundo, formando pensadores críticos e atuantes, capazes de compreender e respeitar as diferenças e tomar decisões.

Nosso objetivo é identificar como esses conceitos podem ser incluídos no dia a dia de uma escola, incentivando  a curiosidade e o prazer de aprender a aprender, respeitadas, em cada faixa etária, as competências das diversas áreas do conhecimento, priorizando as ações coletivas que a escola vá além dos conteúdos básicos e efetive uma proposta voltada para uma formação humana com cidadania e ética, adaptando  e inserindo  temas conectados às necessidades da sociedade atual no contexto educacional, proporcionando aos alunos que estejam preparados ao mercado de trabalho ao longo de seu aprendizado.

Buscando contemplar os anseios das crianças e de seus familiares, ajudamos a suprir carências de oportunidades e gerando impactos positivos nos indicadores sociais, estimulando a cidadania e contribuindo para o desenvolvimento de uma cultura de respeito, tolerância e paz.

 

Milena Monteiro, Diretora Pedagógica.

IconsSocioInteracionista

POLÍTICAS INSTITUCIONAIS DE ENSINO

As Políticas Institucionais de Ensino conforme estabelecido no Regimento Escolar estabelece que a escola tenha por finalidade o pleno desenvolvimento do educando. Seu preparo para o exercício de cidadania e sua qualificação para o trabalho, visando os seguintes princípios:

· Equidade: direitos de aprendizagem para todos melhor preparação do sistema para garantir a aprendizagem do aluno;
· Todos têm o direito de aprender;
· Valorização da experiência extra curricular;
· Ter uma convicção esperançosa de que os resultados desejados serão alcançados;
· Vínculo entre família e escola ( trabalho em parceria);
· Direito a  educação inclusiva no ensino regular;
· Garantia de padrão de qualidade;
· Os alunos devem saber conhecimentos, habilidades, atitudes e valores e, sobretudo, do que devem “saber fazer” (mobilização desses conhecimentos, habilidades, atitudes e valores).